Crescendo como Saumensch

Estréia: A Menina Que Roubava Livros

segunda-feira, fevereiro 10, 2014 Julia Pinheiro 4 Comments


Depois de duas semanas eu finalmente fui ver a adaptação literária de A Menina Que Roubava Livros no cinema, mas acho que ainda da tempo de falar sobre ele por aqui.

Preciso dizer que chorei muito? Que quase tive um colapso nervoso? Que meu choro beirava o escândalo e que as pessoas conseguiam me ouvir? Não sei, mas acho que preciso dizer que foi uma adaptação muito boa.

Mas antes de continuar a ler, devo dizer que se você ainda não leu o livro não recomendo que continue a leitura desse post, pois contém certas informações sobre que possam tornar a sua leitura do livro menos prazerosa.


             

O elenco era formado pela Sophie Nélisse, como Liesel Meminger; Geoffrey Rush, como Hans Hubermann; Emily Watson, comoRosa Hubermann; Ben Schnetzer, como Max e Nico Liersch, como Rudy. E que elenco! Escolha perfeita para todos os personagens, apesar de que, achei as crianças um pouco grandes de mais, porém não posso pensar em escolhas melhores. Tanto o cenário como os personagens eram do jeito que eu tinha imaginado, o que é muito difícil de acontecer.


Mas como toda adaptação, ela acaba deixando a desejar em certos pequenos pontos, como na exclusão de algumas cenas e fatos importantes, como quando a Liesel e o Rudy passam a roubar comida, ou os livros que o Max escreveu, como O Vigiador ou A Sacudidora de Palavras. Porém, apesar da exclusão das cenas, acho importante também avaliar o filme como apenas uma adaptação e não como uma cópia visual exata do livro.


E é claro que com o livro você consegue sentir melhor as coisas,como a fome que eles passaram, a angústia dentro dos abrigos e as simples coisas que traziam imensa felicidade, mas mesmo assim amei ver a Rua Himmel ganhar vida, o Rudy correndo como Jesse Owens, a biblioteca particular da Ilsa Hermann com todos aqueles livros, ver as palavras escritas da parede do porão, a luta pela vida de Max e a visão doce do mundo de Liesel.


Foi uma ótima adaptação, não deixou muito a desejar, e mesmo sendo um filme conseguiu emocionar bastante e tocar no fundo da nossa alma, gostaria de ver novamente qualquer dia desses, e para os fãs do livro que ainda não virão: vejam, não vão se decepcionar. E se vocês ainda não virão o trailer emocionante, deixo ele aqui, para deixar o gostinho na boca de quem ainda não teve a oportunidade de conferir o filme no cinema.



Também gostaria de ressaltar que a Intrínseca, a editora que publicou A Menina Que Roubava Livros aqui no Brasil reservou uma página inteira em seu site dedicada ao filme, e você pode encontra-la nesse link. 


E vocês que virão o filme? Choraram muito?

You Might Also Like

4 comentários

  1. Pronto! Agora me deixou com mais vontade ainda de ir assistir.
    Excelente post! Eu queria muito ter ido na estréia, mas ultimamente algumas atividades tem gerado conflitos contra isso. Meus estudos, por exemplo, tem se intensificado este ano e por isso eu fui adiando o dia de ir assistir.
    Porém ainda quero muito ir e acho que vou nesta semana (Tomara que eu não adie novamente)
    Júlia, gostei muito mesmo deste post porque, além de expressar sua opinião, deixou evidente que o filme baseado no livro é apenas uma adaptação e que não é uma visão exato do livro. É claro que não gostamos muito quando algumas coisas são alteradas, mas mesmo assim nós nos sentimos cativadas por aquela obra.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahha que bom! esse era o objetivo!!
      Obrigada, flor! Eu também queria muito ter ido na estréia, mas eu estava viajando dai não deu pra ir T-T
      Tomara que você consiga ir!! Boa sorte com suas tarefas!
      Sim, tem adaptações que nem deveriam ser adaptações ( cof cof percy jackson cof cof e os olimpianos cof cof ahhaha xD ) mas outras valem a pena ter seu reconhecimento individual, avaliado como um filme, que bom que vc gostou!!
      Beijoos!

      Excluir
  2. Amei o filme, claro que não tanto quanto o livro, mas achei que foi uma otima adaptação, elenco perfeito e cenário bem próximo do qual imaginei.
    Chorei muuito no final, minha mãe praticamente me arrastou do cinema, hehehe
    Beijos,
    http://www.whoisllara.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh o livro sempre é melhor, né? Também achei o cenário perfeito!!! Até porque eu sempre acho difícil imaginar a Alemanha nazista fora do campo de batalha.
      Minha mãe também teve que me socorrer ahah

      Excluir

Flickr Images