Crescendo como Saumensch

Orlando: Bush Gardens parte 2

domingo, fevereiro 22, 2015 Julia Pinheiro 0 Comments


Então gente, como eu tinha dito nesse outro post, também sobre o Bush Gardens, o parque oferecia algumas opções de safari que eram pagos a parte, e escolhemos o Serengeti Safari, que era o mais caro por conta da maravilhosa diferença que era nada mais nada menos do que a interação direta com girafas! E eu amo girafas <3


O safari era feito na caçamba de uma espécie de caminhonete, porém maior, e você passa o trajeto todo em pé, mas não cansa, pois não é uma distancia muito longa não. Ele tem horário e número máximo de pessoas, o que é bom, porque assim nunca esta cheio e vamos acompanhados com um guia ( o da foto ) e ele vai explicando várias coisas sobre o parque e sobre os animais que vamos vendo no caminho, então, em uma determinada hora o carro para e ele nos da alfaces para que a gente dê para as girafas.

Minha mãe fazendo carinho na girafa eheh
As girafas eram bem simpáticas e abusadas, elas nos empurravam com a cabeça e com o pescoço ( já todo dentro do carrinho ) procurando alface, que o guia distribuía no carro para que a gente pudesse alimenta-las.


No carro também nos acompanha uma fotógrafa, porém as fotos tiradas por ela são pagas. Durante o passeio ela tira as fotos sem compromisso, apenas no final você pode vê-las e assim pagar pelas quais você quiser ( caso as queira ). Como no carro tanto eu quanto minha mãe estávamos com maquinas isso não foi necessário, tanto ela quanto eu aparecemos nas fotos. Inclusive essa sou eu fazendo carinho na girafa, não da pra ver, mas eu estou babando por esse bicho, é uma sensação incrível estar assim tão perto!


Essa estava se escondendo *-*






Ela estava bem em cima de mim nessa hora <3


O alface que eu dei para essa girafa me rendeu várias fotos fofas e engraçadas dela comendo e tentando arrancar os pedaços da minha mão.





Foi horrível me despedir das girafas, e ver o carro andando com ela ainda parada exatamente onde a tinha deixado, onde antes estava a alimentando e tirando fotos e fazendo carinho... *snif* 


Nesse safari vimos também rinocerontes e muitas zebras entre outros bichos, como antílopes e aves diferentes, que acabei não tirando muitas fotos, ainda mais porque né, o foco de tudo ficou em cima das girafas.



Fora o safari tem várias áreas espalhadas pelo parque reservadas a certos animais, alguns tinham o mesmo esquema de um zoológico, em outras os animais ficavam soltos, como no caso das aves, porém na hora que passeamos pelo local apenas os flamingos deram as caras.





Esses pássaros em especial ficavam espalhados por todo parque roubando comida dos outros, mas gostei tanto dessa foto, parecem tão inocentes e bonzinhos.


Outros animais tem horários específicos, como o guepardo, que faz um treino de corrida logo de manhã, então quando chegar vai direto pra lá conferir os horários. É lindo vê-lo correr e sua relação com a treinadora, como se fosse um gatinho.


Os elefantes também tem uma apresentação, porém não me interessou muito então não fiquei por muito tempo para entender do que se tratava. Mas diferente do guepardo, os elefantes podem ser vistos em outras horas do dia, e não só na apresentação, e acabei presenciando essa cena fofa de dois elefantes se alimentando ( ou se beijando, não sei, o que vocês acham que eles estão fazendo? )


A área do jabuti gigante era bem próxima e eu passei por ela várias vezes e ela estava vazia, então acredito que o jabuti também tenha uma hora específica para aparecer. Não imaginava que um jabuti gigante poderia ser tão... bem, gigante.


Os chipanzés já ficam em uma área gigantesca mas que é isolada por um vidro e acredito que sempre seja possível vê-los, porém a hora que eu fui todos pareciam estar cansados e dormindo, então talvez também tenha uma hora certa para encontra-los mais agitados.


Essa é uma foto de um outro pedaço de onde os chipanzés vivem, que é tão lindo que eu precisei colocar essa foto aqui. Até eu gostaria de morar ai *-*


O mesmo sobre os chipanzés serve para os orangotangos ( amo <3 ) que só ficaram sentados a maior parte do tempo ou atravessando por essas cordas.




O meu maior arrependimento quanto esse horário dos animais foi sobre o hipopótamo. Eu amo hipopótamos e desde que vi Tarzan eu sempre tive vontade de ver um desses bichões nadando tendo como ponto de vista eles embaixo d'água ( tudo bem que no Tarzan são elefantes, mas para mim estava valendo o hipopótamo ), mas tudo que eu consegui ver foi seu bumbum debaixo d'água, pois ele estava dormindo a maior parte do tempo. O mesmo serve para o crocodilo. 


Conseguem perceber um pedaço do crocodilo no cantinho da foto? Ele estava escondido, e essa foi a única foto boa que consegui tirar mas ele devia ser gigante, porque a minha mão em cima desse vidro não conseguiria cobrir nem um quarto da parte minima do crocodilo que esta amostra nessa foto.


Os "aquários" do crocodilo e do hipopótamo eram separados, porém ambos ficavam na mesma área, que era linda por sinal! Fiquei morrendo de vontade de nadar nessa água azul cristalina, mesmo com o frio! 




Dois bichões que eu consegui ver depois de esperar um bom tempo até eles aparecerem mas que valeu toda a pena. O tigre então! ( Ps.: não reparem no reflexo fantasmagórico do lado esquerdo da foto, era apenas um reflexo no vidro pois estávamos muito perto. Eu sei que é medonho, mas tentem focar nos olhinhos lindos desse tigre *-* )


Em uma área até meio escondida no parque tinha umas cavernas onde dentro tinham vários espaços com diferentes tipos de animais noturnos. Todos eram tão fofos! Mas era muito difícil tirar foto lá porque além de todos serem muito pequenos e se esconderem muito bem, lá dentro era muito escuro, então consegui apenas tirar foto desses três:




Gostaram do Bush Gardens? Alguém ai já teve uma experiência de interação com animais selvagens desse jeito?

You Might Also Like

0 comentários

Flickr Images