Crescendo como Saumensch

Resenha | Caixa de Pássaros

quarta-feira, agosto 26, 2015 Julia Pinheiro 4 Comments


Caixa de Pássaros, escrito pelo cantor da banda High Strung Josh Malermen e publicado no Brasil em 2015 pela Editora Intrínseca. O livro é um thriller de apenas 268 páginas amareladas e com uma ótima diagramação. A história é narrada em segunda pessoa tendo em foco o ponto de vista de Malorie, com os capítulos alternando entre passado e presente.


O livro começa com uma situação presente que de alguma forma vai mudar a vida de Malorie para sempre. Ela está muito nervosa e pretende deixar a casa para sempre com seu casal de filhos de apenas cinco anos. Mas eles foram bem treinados, foram bem treinados para ouvir. Malorie precisa dos ouvidos deles.

Eles pegam suas vendas para sair de casa, pela última vez. O mundo mudou completamente, tudo que ela tem são seus ouvidos, não pode arriscar utilizar seus olhos, porque há muito tempo, à cinco anos, o mundo mudou completamente. Olhar para o mundo se tornou suicídio.


Há cinco anos coisas terríveis começaram a acontecer ao redor do mundo. Pessoas normais começaram a ter atitudes animalescas e violenta, matando outras pessoas de modos horríveis. Todas as situações eram seguidas de suicídio. Ninguém sabia dizer o que as levava a fazer isso, até que começaram a achar que fosse algo que elas viam. Podia ser qualquer coisa, então as pessoas começaram a surtar. Saindo de venda nas ruas, tapando as janelas, se escondendo. Malorie não acreditava nisso, tinha acabado de descobrir que estava grávida e tinha que se preocupar com o bebê, até presenciar um desses surtos e tudo mudar para ela também. 


Não da pra se falar muito mais do livro porque o legal dele é o quão pouco você sabe no começo e o como vai descobrindo tudo aos poucos, como descobrir como Malorie sobreviveu, como foi parar onde estava, do que todos tem tanto medo e para onde ela estava indo? Todas são perguntas que te atormentam durante todo o livro, e a alternativa de presente e passado faz você saber exatamente o que mudou, então durante a história você procura sinais, procura explicações de como tudo se transformou no que é.


Pra quem leu Silo ( resenha aqui ) com certeza já tem uma ideia da tensão que paira no ar durante essa leitura. Acho que o que deixa tudo pior - ou melhor, porque né... - é que os momentos mais tensos, por não poderem enxergar, são descritos apenas baseado na audição. E como a Malorie não é tão boa em ouvir quanto os filhos muitas vezes a narrativa fica agonizante porque ninguém tem noção do que está acontecendo, tudo que você tem noção são dos sons, mas você não sabe da onde eles estão vindo. Isso deixa tudo simplesmente incrível.



Todo o livro é muito tenso, e não tenho palavras pra descrever as sensações que tinha durante o livro que me fizeram me arrepiar até a espinha. Esse medo do desconhecido transformou todo esse thriller em um mistério enorme assim como a corrida de Malorie com as crianças motivadas por algo que você também não tem ideia. Você até tenta descobrir esses mistérios mas nada do que você deduzir vai chegar perto de como as coisas realmente acontecem.



Sobre essa edição: muito bem trabalhada. Como mostrei na foto la de cima, todos os capítulos começam com esse detalhe de galhos de árvore e esse começo vem assim. De cara achei muito bonito, mas depois que acabei o livro e me toquei o porque que tinha esses detalhes eu passei a achar mais sinistro que bonito, mas ainda assim é um bom detalhe. E como o livro tem capítulos pequenos e é bem fino também, juntando com a tensão que só te impulsiona a ler cada vez mais, é um livro que da pra ler bem rápido.



No começo do livro você até fica um pouco confusa até se localizar bem e entender o que está acontecendo, mas depois que você engata na leitura você não consegue mais parar, eu tive até sérios problemas para dormir porque ficava me revirando de agonia doida pra voltar a ler e descobrir tudo logo. Dei nota máxima pro livro no meu skoob e super indico esse livro para quem gosta de mistérios, suspense e thriller


Trechos Favoritos:

"Você está salvando a vida deles para que tenham uma vida que não vale a pena."

"[...] Algumas pessoas decidem esperar as notícias chegarem e outras correm atrás delas."

"[...] E a fizeram acreditar que é melhor enfrentar a loucura com um plano do que ficar parado e deixar que ela nos alcance aos poucos."


Alguém ai já leu esse livro? 

You Might Also Like

4 comentários

  1. Desde que ouvi falar desse livro na Turnê Intrínseca desse ano, ficou doooida pra ler. Eu adoro esses mistérios que mexem com a gente, sou extremamente curiosa e a sua resenha me deixou mais ainda. Imagino que deve ser muito arrepiante mesmo, essa ideia do desconhecido realmente assusta e, nossa, parece ser incrível. Muito bom! c: E vou repetir: o layout novo tá liiindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom sim! Suuuuper indico esse livro! E muuuito obrigada! significa muito pra mim, porque foi um trabalhão <3

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Flickr Images